Tornado, mais comum do que se imagina

14 07 2008

” Fenômeno é frequente no centro-sul do Brasil, mais é pouco observado”

Até recentemente toda criança brasileira aprendia na escola que o Brasil era livre de terremotos, furacões e tornados. A realidade, no entanto, não é assim. Se os furacões são raríssimos  – só se tem notícia de um e ainda há controvérsias -, o mesmo não ocorre com os outros dois fenômenos. Todos os anos o Brasil é sacudido por milhares de pequenos terremotose atingido por tornados de todos os tamanhos. Os que atingiram Criciúma, em Santa Catarina, são apenas mais dois exemplos.

Um tornado é uma coluna de ar girando violentamente a partir de uma nuvem de tempestade (cúmulo-nimbo) e vista como um funil escuro. Ele se forma em regiões quentes e úmidas, como o centro-sul do Brasil no verão.

“Numa escala local, é o mais destrutivo de todos os fenômenos atmosféricos”,explica a meteriolorogista Ana Maria Gomes Held, do Institudo de Pesquisas Meteorológicas (IPMet), da Universidade Estadual Paulista (Unesp). “Seu vórtice. com algumas centenas de metros de diâmetro, gira normalmente no sentido horário no Hemisfério Sul, com velocidade entre 160 e 480 quilômetros por hora ”

https://i2.wp.com/geocities.yahoo.com.br/quartzo46/tornado.gif
Anúncios